Cosplayer | Entrevista com Alexandre Valença

Nome:

Alexandre Valença Alves Barbosa

Idade:

50 anos

Fale resumidamente sobre você:

Formado em Publicidade e Propaganda, trabalhei como ilustrador para Tribuna, Jornal da Orla, Santos Futebol Clube, editora Rocco, editora Novo Século, revista República, revista Dragão Brasil, card game on line Heróis e Vilões, para concept art para produtora de jogos Insólita, como quadrinista, como ator de teatro e cinema. Fiz karatÊ, taekwondo, capoeira, muay thai e sanshô.

 

 

 

 

Trabalho/estuda?

Trabalho como ilustrador freelancer e leciono em 3 Universidades.

Onde mora?

Em Santos, no Marapé.

Qual foi seu primeiro Cosplay?

Corvo, do filme com Brandon Lee.

 

 

 


Quantos Cosplay já fez?

5 eu acho.

Qual seu último Cosplay e qual foi o que mais gostou?

Scout Trooper de Star Wars episódio VI.

Já sofreu algum tipo de preconceito?

Sempre… Por causa da minha idade as pessoas dizem que eu não deveria gastar dinheiro com isto.

 

 

 

Quais são seus planos para o futuro? Pretende fazer Cosplay até quando?

Pretendo fazer sempre… Eu gosto de personagens icônicos… Principalmente Star Wars. E acho que meus filhos curtem também.

Você se inspira em alguém?

Na verdade, minha inspiração vem de séries que eu acompanhei e coisas que eu li. Adoro criar personagens Steampunk, que é uma coisa mais livre na criação do cosplay.

 

 

Quais personagens você mais gosta e se identifica? Por qual motivo?

Gosto de tudo em Star Wars e Star Trek, mas curto muito Steampunk e personagens da Marvel. Se fosse fazer algum personagem assim seria Doutor Destino ou Doutor Estranho.

O que te inspirou a querer ser cosplay?

Meu pai… Quando era mais novo ele saia em blocos de carnaval na década de 50, ele me mostrou as fotos e isto me animou a criar roupas, personagens.

 

 

 

 

Rede social?

Facebook:

Alexandre Valença Alves Barbosa