Cosplayer | Entrevista com Yuni

 

Nome:

Jacqueline/Yuni

Idade:

 23

Fale resumidamente sobre você:

Sou daquelas pessoas que ama jogos e cosplays, obviamente!  E gosto bastante de conversar sobre vários assuntos.

Trabalho/estuda?

Estudo Psicologia, na UNIP

Onde mora?

Santos/SP

Qual foi seu primeiro Cosplay?

Simon, Toppa Tengen Gurren Lagann!

 

 

Quantos Cosplay já fez?

Não conto mais porque são muitos já…

Qual seu último Cosplay e qual foi o que mais gostou?

Meu último cosplay foi o Komaeda Nagito do Super Danganronpa 2. O que eu mais gostei até agora foi o Ciel Phantomhive, Terra e Max Caulfield.

Já sofreu algum tipo de preconceito?

Sim, minha própria tia. Ela disse que eu tinha algum tipo de problema por me vestir como personagens. (?)

 

 

 

Quais são seus planos para o futuro? Pretende fazer Cosplay até quando?

Para plano de vida, um dos meus grandes objetivos além de me formar é fazer intercâmbio para a Inglaterra para fins de estudo. É o país dos meus sonhos desde menor. Quanto ao Cosplay, certamente é finalizar o Cosplay da 2B no momento, Nier é um jogo que foi bastante marcante pra mim e pulei, surtei de alegria quando surgiu anuncio do Automata. Até quando farei Cosplay é um mistério. Quando sentir que é hora de parar, vou parar.

Você se inspira em alguém?

Claro!! A Jean Wanwan, Calssara, Isamiaella, Hisoneko…tem até brasileiras também que são fantásticas. Witchiko, Giu Hellsing, Kahsan, Nate… é bastante gente inspiradora!

 

 

 

 

Quais personagens você mais gosta e se identifica? Por qual motivo?

Hmm, essa pergunta sempre pega. Diria que a Chiaki Nanami, o Ciel Phantomhive, a Max Caulfield e a Jeanne alter. Cada um deles tem um certo pedaço de mim que simpatizo. Por exemplo, a Nanami na gentileza, na preguiça e no vicio em jogos. O Ciel, quando me fecho pro mundo permanecendo meu pé no chão, tem mais ligação com o meu passado. A Max, em como lido com as coisas ao meu redor no dia a dia, sempre na minha. A Jeanne, digamos que seria o meu lado levemente “tsundere” como dizem…hahaha

 

 

 

O que te inspirou a querer ser cosplay?

A ideia de poder trazer o personagem da ficção para a realidade, interpretando ele, foi a que me pescou na hora. Depois, peguei muito gosto pela arte, ser fotografada em diversos estilos de visuais é bem divertido mas nunca perdendo a essência que é o meu amor aos personagens e as obras nas quais eles pertencem.

Próximos eventos?

Tenho planos de ir ao Festival do Japão no meio do ano!

 

 

 

 

 

Redes Sociais:

 

 Instagram:

 https://www.instagram.com/yuarisato/

Facebook:

 https://www.facebook.com/yuarisatocosplay/

World Cosplay:

 https://worldcosplay.net/member/yuarisato