Cosplayer | Entrevista com Jahde Borg

 

Nome:

Jahde Borg Santaella Briquet Caradec

Idade:

20 anos

Fale resumidamente sobre você:

Sou uma pessoa de gênio forte, defendo muito bem o que acredito ser certo, mas não sou de ir atrás de tretas, muito pelo contrário… eu costumo fugir delas, pois elas vivem atrás de mim XD

Não consigo fingir o que sinto, se eu estiver estressada ou triste vai ficar muito claro pra todo mundo, mas sou muito extrovertida e tenho facilidade para falar com as pessoas. Gosto de tudo na medida certa, as coisas na minha vida precisam ter um equilíbrio entre elas, porque eu sempre me comprometo com muitas coisas e pessoas. Apesar de me dar bem facilmente com as pessoas, eu demoro muito para confiar nelas, na verdade isso é muito raro de acontecer, sempre estou com aquela sensação de que podem me apunhalar pelas costas a qualquer momento.. porém quem eu confio, eu defendo com tudo que eu tiver, e vou estar na linha de frente por elas.

Sou muito cheia de mim, mas acredito que se eu não for confiante, ninguém será por mim, então não deixo a desejar quando quero. Sou muito verdadeira e sincera (as vezes até demais HAHAHA), mas não tenho vergonha disso pois eu acredito que está faltando muito disso nas pessoas hoje em dia.

Gosto muito de fazer fotos, dançar (faço vídeos de vez em quando só para zuar ><), sair pra beber, cozinhar, comer (sou uma formiga) e coisas do gênero ^^

 

Trabalho/estuda?

Faço faculdade de Gastronomia, trabalho fazendo encomendas de doces (minha loja se chama Okashi Delícias Gourmet) e em um maid café chamado Chest of Wonders, que é uma sala temática que levamos para os eventos de cosplay.

Onde mora?

Sacomã, São Paulo – SP.

 

Qual foi seu primeiro Cosplay?

Venho fazendo cosplay de Maid já faz mais de dois anos, que é o uniforme que se usa para trabalhar no maid café, um vestido com babados, avental, tiarinha, luvas e etc.

 

Quantos Cosplay já fez?

Já fiz da Asuna de Sword Art Online e da Harley Quinn de Esquadrão Suicida, mas já fiz também ensaios de vampira e de Branca de Neve Zumbi.

 

Qual seu último Cosplay e qual foi o que mais gostou?

O meu último foi a Harley Quinn do Esquadrão Suicida, demorei uns dois meses para conseguir achar e fazer tudo que precisava para ela. O shorts e o casaco eu mandei fazer, de resto eu fui achando as peças e materiais e fui fazendo ^^

 

Já sofreu algum tipo de preconceito?

Sim, no começo minha família achava que era só uma fase e que eu gastava tempo demais com algo que eles acreditavam que não ia me trazer nenhum retorno. Mas com o tempo eles perceberam que era algo bem legal, que me trazia felicidade, boas amizades e até mesmo oportunidades de trabalho. Ainda acontece de um ou outro fazer comentários desnecessários sobre esse meio, mas costumo tentar explicar como é a sensação e pelo menos consigo fazer a pessoa pensar melhor no assunto.

 

Quais são seus planos para o futuro? Pretende fazer Cosplay até quando?

Pretendo fazer cada vez mais cosplays se for possível, tenho muitos planos para por em prática agora em 2017, espero que saia no mínimo mais três. Não tenho uma ideia de até quando vou fazer, é uma área que acredito que posso explorar muito ainda, até mesmo como um trabalho já que temos intenção de abrir um maid café físico e eu faço doces tematizados no assunto.

 

Você se inspira em alguém?

Num contexto geral, a pessoa que geralmente me traz muita inspiração como pessoa e ideais é a Beyoncé (sim, a cantora XD), mas eu não saberia dizer apenas um cosplayer que eu me inspiro, por que para mim todos eles são extremamente talentosos, cada um expressa sua arte de uma forma e acho todas elas inspiradoras de alguma forma ^^

 

Quais personagens você mais gosta e se identifica? Por qual motivo?

Essa pergunta é muito difícil! HAHAHAHAA

Eu geralmente me apego muito a personagens do sexo feminino que são fortes, tanto em relação a poder como em personalidade. Acredito que isso é algo que eu procuro ter em mim, quero sempre ser cada vez mais forte independente e diferente, então acho que acaba sendo um reflexo da minha própria personalidade.

 

O que te inspirou a querer ser cosplay?

Desde criança meus pais tiveram o costume de me inserir na cultura japonesa de diversas formas, até mesmo me levando em eventos, mas me afastei do meio depois de um tempo. Foi só no meu primeiro ano de ensino médio que decidi ir de novo a um evento para lembrar como era e foi como amor a primeira vista, eu fiquei muito feliz de estar ali, eu sentia que pertencia a aquilo sabe? Não conseguia parar de pedir para tirar fotos com os cosplayers, e esse amor foi crescendo cada vez mais à medida que eu comecei a trabalhar nesses eventos <3

 

Próximos eventos?

Tenho intenção de comparecer em todos os eventos de São Paulo esse ano, tanto de grande porte quanto os pequenos. Alguns eu estarei com o estande do Chest of Wonders Maid Café, mas em outros estarei de cosplay, talvez eu até tente me apresentar. Dá para acompanhar os eventos que estarei indo pela minha página Jahde Maid & Cosplay.

 

Redes Sociais:

 

Páginas no Facebook:

Jahde Mid Cosplay

Okashi Delicias Gourmet

Instagram:

@abrooklin

Musical.ly:

jahdeborg